Escolha uma Página

Equipes de Competição

Imagine participar de todas as etapas de um grande projeto de engenharia! Provavelmente, você espera lidar com essa experiência durante o estágio profissional ou após a conclusão do curso e inserção no mercado de trabalho, certo?

Prepare-se, pois estará, em algumas linhas, diante de oportunidades únicas que acontecem na Escola de Engenharia e garantem experiências a partir do desenvolvimento de protótipos que representam a UFF em competições estudantis nacionais e, até mesmo, internacionais!

Cada equipe desenvolve seu protótipo através da aplicação dos conhecimentos adquiridos pelos membros na faculdade. Mas não se engane, os protótipos possuem conceitos, formas e objetivos diferentes!

Além das etapas de concepção e desenvolvimento do protótipo, que proporcionam interações a partir de diferentes ideias e decisões de projeto, os membros atuam diretamente em grande parte da fabricação e nos testes após a conclusão de todas as etapas.

Ou seja, a verdadeira oportunidade de “colocar a mão na massa”. Cada equipe realiza individualmente seu processo seletivo e aqui embaixo você confere mais detalhes sobre cada uma!

NOSSAS EQUIPES

ARARIBÓIA
Barco Solar

Saiba mais

Ano de fundação: 2011.

Objetivo geral do projeto: disseminar o potencial da energia solar.

Equipe: multidisciplinar – possui alunos de diversos cursos da Escola de Engenharia UFF.

A competição: As embarcações são avaliadas desde inspeções técnicas de elétrica e naval até as provas de mar que são divididas entre: provas curtas, provas longas, sprint, slalom e revesamento.

Melhor resultado: 3º lugar na categoria Catamarã no Desafio Solar Brasil.

Hoje já possui ex-membros formados atuantes no mercado da energia solar.

Coordenador: Profº Daniel Henrique Nogueira Dias, Departamento de Engenharia Elétrica.

Acompanhe a equipe nas redes sociais:

ASIMUFF
Robótica

Saiba mais

Ano de fundação: ???.

Objetivo geral do projeto: ???

Equipe: quem pode participar?

A competição: Descrever a competição

Melhor resultado: ???

Coordenador: _____, Departamento _________.

Acompanhe a equipe nas redes sociais:

BLACKBIRD
Aerodesign UFF
Saiba mais

Ano de fundação: 2011

Objetivo geral do projeto: Habilitar seus membros para utilização de softwares e desenvolver soft skills gerando vivência prática de engenharia. Acreditam que para concluir um projeto inovador deve-se sair da nossa zona de conforto.

Equipe: Multidisciplinar – Acolhe membros de todas as engenharias, ciências afins (física, ciências da computação, etc.) e demais cursos da UFF (Comunicação, Jornalismo, Matemática, etc).

A competição: Para competição da SAE Aerodesign Brasil, realizada em São José dos Campos (SP) a equipe tem construir uma aeronave não tripulada, inovadora e eficiente, que deve ser o mais leve possível e conseguir levantar cargas. Vence quem for capaz de realizar um percurso aéreo com maior carga.

Melhor resultado:  Melhor equipe do estado do Rio de Janeiro nos anos de 2015, 2016 e 2019.

Coordenador: Profº Leonardo Alves, Departamento de Engenharia Mecânica.

Acompanhe a equipe nas redes sociais:

BUFFALO
Fórmula SAE

Saiba mais

Fundada em 2007 por alunos do curso de Engenharia Mecânica, a Equipe Buffalo nasce para oficializar e assinalar a participação da Universidade Federal Fluminense na Fórmula SAE, da qual participa desde sua primeira competição no Brasil, em 2004, mas apenas com o projeto no papel. Desde sua fundação, inúmeros estudantes de múltiplos cursos de graduação, não somente aqueles responsáveis por fundá-la, compuseram a equipe trazendo e levando consigo aprendizados e seu legado profissional. Hoje, em multidisciplinaridade que compreende as responsabilidades e horizontes da equipe para além das pistas, contamos com membros de áreas que abrangem desde as Engenharias Mecânica, Elétrica e Química às Telecomunicações, Publicidade, Desenho Industrial, Física e Ciência da Computação. A representatividade da Equipe Buffalo na Fórmula SAE estendeu-se, recentemente, à Fórmula 1. Em continuidade ao trabalho desenvolvido no ramo estudantil da competição, um de nossos antigos membros é hoje contratado de uma equipe de ponta da mais popular modalidade de automobilismo do mundo. Enquanto equipe da categoria Fórmula SAE, competição estudantil organizada originalmente pela Society of Automotive Engineers (Sociedade de Engenheiros Automotivos), operamos segundo a premissa de que fomos contratados para produzir um protótipo automobilístico para avaliação e, possivelmente, produção. O período de produção corresponde ao menor prazo possível para colocação do carro no mercado. Assim, com a ajuda de colaboradores e patrocinadores, nossa equipe trabalha em prol desse objetivo, além dos muitos agregados a ele. A atividade projetual envolve inúmeras células de trabalho e áreas do conhecimento, além de uma oficina totalmente equipada para o desenvolvimento dos protótipos e muito, muito empenho.

Acompanhe a equipe nas redes sociais:

FARADAY
E-Racing
Saiba mais

O projeto de pesquisa, inovação e desenvolvimento Baja SAE é um desafio lançado aos estudantes de Engenharia que tem como objetivo principal o projeto e a construção de um veículo protótipo monoposto, off-road e de estrutura tubular, para participação na Competição Baja SAE BRASIL, promovida pela SAE BRASIL, filiada à SAE International – maior associação internacional de profissionais da área de Engenharia da Mobilidade. No Departamento de Engenharia Mecânica da UFF, o Projeto foi criado em 1997, fundando o projeto mais antigo do campus, inicialmente com o nome de Minibaja, pelo Prof. Luís Carlos Tosta Xavier, e a primeira participação da UFF em competições ocorreu em 1998, nas quais conquistou resultados além das expectativas, obtendo o 1° lugar entre as equipes estreantes e o 1° lugar entre as equipes do Estado do Rio de Janeiro. Nos anos seguintes, a equipe se consolidou por mais de uma década como a melhor do Rio de Janeiro por meio de outros ótimos resultados e tem como visão reconquistar esse título. Nas competições, nossa equipe e todas as áreas do nosso carro são avaliados por meio de relatório, apresentação de projeto e provas de segurança e desempenho que testam nosso carro em terreno off-road com obstáculos. Esses eventos contam com a participação de cerca de 1500 estudantes universitários de todo o país e mais de 100 profissionais da área trabalhando como juízes e organizando as competições. Em 2005, foi criado o Laboratório de Engenharia da Mobilidade, também coordenado pelo Professor Luís Carlos Tosta Xavier, ao qual o projeto Minibaja passou a ser vinculado. Desde então, a Equipe vem, através de pesquisas e estudos, realizando na prática a teoria aprendida, desenvolvendo o projeto com o intuito de refinar o protótipo e fabricação dos carros anteriores, além de fazer a formação complementar dos membros. A participação em projetos tecnológicos como o projeto Baja SAE BRASIL proporciona o desenvolvimento de características essenciais a um profissional diferenciado e qualificado como capacidade analíticas, pró-atividade, trabalho em equipe, liderança, planejamento e cumprimento de prazos. Essas aptidões fundamentais para o desenvolvimento dos alunos contribuem para a formação de um profissional competente e diferenciado que já se torna apto para suprir a demanda do mercado nacional e internacional. Atualmente, a equipe, que atende pelo nome de Tuffão Baja SAE, é coordenada pelos Professores Gabriel Mario Guerra Bernadá e Marcel Duarte da Silva Xavier, do Departamento de Engenharia Mecânica, e conta com cerca de 31 alunos das diversas áreas da Engenharia e de Desenho Industrial.

Acompanhe a equipe nas redes sociais:

LUFFT
Foguetemodelismo
Saiba mais

A LUFFT é uma equipe consideravelmente nova na UFF e também no ramo de aeroespacial. Em 2018 o Bruno, antigo capitão da equipe, reuniu algumas pessoa pra iniciar a equipe, sendo eu, a atual capitã, uma delas. A partir daí, começamos a fazer contatos com as equipes de foguete de outras faculdade como UFRJ, UERJ e CEFET, para entender melhor como funcionava o gerenciamento e desenvolvimento de uma equipe nessa área, procurando entender quais seriam os primeiros desafios para a fundação. Tivemos apoio total das outras equipes e também do Clube de Engenharia, que abraçou de vez o projeto e comentou sobre o Ramo Estudantil IEEE. Com o IEEE, ajudando em todo o escopo de infra estrutura e networking técnicos, começamos a desenvolver e planejar as etapas de desenvolvimento do projeto do foguete e da equipe, para pudéssemos participar das primeiras competições. Nossa primeira competição, foi logo em 2019 onde obtivemos ótimos resultados, para o nível de maturação técnica da equipe, atingindo o apogeu mais preciso da categoria de 1000 metros onde alcançamos 913 metros. Só não ficamos em primeiro lugar porque tivemos problemas para coletar os dados do vôo, após a recuperação do foguete, sendo este, um dos requisitos com maiores pesos na pontuação geral. Ao final da competição ficamos em 4º lugar do ranking geral de todas as categorias. Um dos gargalos que temos, é a falta de espaço adequado para desenvolvimento do projeto de foguetes com apogeus maiores e cubesats. A sala que usamos para as nossas atividades é do RAMO, sendo muito pequena, além não ser um espaço muito adequado para as atividades, além de demasiado abafado e insalubre. Outra ponto importante é o de ainda não sermos um projeto reconhecido pela UFF e regulamentado. Além disso, a parte financeira também é um dos problemas já que não temos muitos recursos ainda. Atualmente estamos desenvolvendo atividades do projeto, referentes a documentação( protocolos de atividades gerais da equipe), simulações computacionais e atividades de capacitação e divulgação científica, como o webinar da equipe que ainda está acontecendo. Foi uma maneira que encontramos de continuar mantendo o ritmo e desenvolvendo a equipe, devido as condições que a COVID-19 nos impôs.

Acompanhe a equipe nas redes sociais:

THE MYTHS
Brazil Team

Saiba mais

PEGAR TEXTO CORRETO

Acompanhe a equipe nas redes sociais:

TUFFÃO
Baja SAE
Saiba mais

O projeto de pesquisa, inovação e desenvolvimento Baja SAE é um desafio lançado aos estudantes de Engenharia que tem como objetivo principal o projeto e a construção de um veículo protótipo monoposto, off-road e de estrutura tubular, para participação na Competição Baja SAE BRASIL, promovida pela SAE BRASIL, filiada à SAE International – maior associação internacional de profissionais da área de Engenharia da Mobilidade. No Departamento de Engenharia Mecânica da UFF, o Projeto foi criado em 1997, fundando o projeto mais antigo do campus, inicialmente com o nome de Minibaja, pelo Prof. Luís Carlos Tosta Xavier, e a primeira participação da UFF em competições ocorreu em 1998, nas quais conquistou resultados além das expectativas, obtendo o 1° lugar entre as equipes estreantes e o 1° lugar entre as equipes do Estado do Rio de Janeiro. Nos anos seguintes, a equipe se consolidou por mais de uma década como a melhor do Rio de Janeiro por meio de outros ótimos resultados e tem como visão reconquistar esse título. Nas competições, nossa equipe e todas as áreas do nosso carro são avaliados por meio de relatório, apresentação de projeto e provas de segurança e desempenho que testam nosso carro em terreno off-road com obstáculos. Esses eventos contam com a participação de cerca de 1500 estudantes universitários de todo o país e mais de 100 profissionais da área trabalhando como juízes e organizando as competições. Em 2005, foi criado o Laboratório de Engenharia da Mobilidade, também coordenado pelo Professor Luís Carlos Tosta Xavier, ao qual o projeto Minibaja passou a ser vinculado. Desde então, a Equipe vem, através de pesquisas e estudos, realizando na prática a teoria aprendida, desenvolvendo o projeto com o intuito de refinar o protótipo e fabricação dos carros anteriores, além de fazer a formação complementar dos membros. A participação em projetos tecnológicos como o projeto Baja SAE BRASIL proporciona o desenvolvimento de características essenciais a um profissional diferenciado e qualificado como capacidade analíticas, pró-atividade, trabalho em equipe, liderança, planejamento e cumprimento de prazos. Essas aptidões fundamentais para o desenvolvimento dos alunos contribuem para a formação de um profissional competente e diferenciado que já se torna apto para suprir a demanda do mercado nacional e internacional. Atualmente, a equipe, que atende pelo nome de Tuffão Baja SAE, é coordenada pelos Professores Gabriel Mario Guerra Bernadá e Marcel Duarte da Silva Xavier, do Departamento de Engenharia Mecânica, e conta com cerca de 31 alunos das diversas áreas da Engenharia e de Desenho Industrial.

Acompanhe a equipe nas redes sociais:

Translate »